Fraga destinou três milhões de reais para o Hospital Sarah Kubitschek de Brasília

Frente Parlamentar de Segurança Pública vai ao STF entregar ADIN Deputados cobram a votação das alterações do Estatuto do Desarmamento
5 de julho de 2017
Fraga garante recurso para construção de Centro Odontológico da PMDF
2 de agosto de 2017

Fraga destinou três milhões de reais para o Hospital Sarah Kubitschek de Brasília

Nascida em 1960 a rede Sarah de Hospitais de reabilitação, desenvolve um trabalho de excelência oferecendo assistência médica gratuita e humanizada com alto nível de qualidade, além de desenvolver pesquisas científicas e programas de prevenção e gerar tecnologia nas áreas de Neurociências e Reabilitação. Em Brasília, o hospital da Rede Sarah é referência e recebe pacientes de todo o Brasil.

Oferecendo especialidades como ortopedia, pediatria do desenvolvimento, reabilitação neurológica, neurocirurgia, genética médica, cirurgia plástica reparadora, oncologia, e neurorreabilitação em Lesão medular, o hospital Sarah tem como um dos seus valores restituir ao cidadão brasileiro, com serviços qualificados de saúde e de reabilitação, os impostos que por ele foram pagos.

Parte dos recursos utilizados na manutenção da estrutura do Sarah vem de emendas parlamentares. As emendas parlamentares são o instrumento que o Congresso Nacional possui para participar da elaboração do orçamento anual. Por meio das emendas os parlamentares decidem onde o governo deverá alocar os recursos públicos.

É a oportunidade que eles têm de acrescentar novas programações orçamentárias e atender as demandas das comunidades que representam. Existem emendas individuais e emendas coletivas, como as de Bancada, produzidas em conjunto pelos parlamentares de estados e regiões em comum.

O deputado federal Alberto Fraga (DEM-DF) respeita e acompanha o trabalho da Rede Sarah de Hospitais e por isso destinou três de milhões de reais em emendas para a instituição. O parlamentar afirma que esse é uma parceria de sucesso e que beneficiará milhares de pessoas, já que o atendimento na Rede é gratuito e aberto para toda população.